Segue a TOP

NO AR

[elementor-template id="145261"]

Justin Bieber fala sobre passado com as drogas…

Famosos

Justin Bieber fala sobre passado com as drogas…

Justin está a partilhar cada vez mais sobre o seu uso de drogas no passado. O cantor revelou que chegou a um ponto em que os seus guarda-costas iam ao seu quarto à noite e verificavam o seu pulso para se certificarem de que ele ainda estava vivo.

“Foi como se eu tivesse todo este sucesso e ainda assim: ainda estava triste e ainda estava com dor”, disse Bieber à revista GQ para na terça-feira (13). “E eu ainda tenho esses problemas não resolvidos. E eu pensei que todo o sucesso iria tornar tudo bom. E então, para mim, as drogas eram um agente dormente para continuar a seguir em frente. ”
Na docuseries “Seasons” do YouTube em 2020, o canadiano, falou sobre o seu uso de drogas no passado, que incluía fumar maconha pela primeira vez quando tinha apenas 12 ou 13 anos, e depois “tomar comprimidos” e “beber uma droga chamada ‘purple lean’”.

As lutas de Bieber levaram a algumas exibições públicas de comportamento errático e confrontos com a lei. O cantor de “Peaches” de 27 anos, que se tornou um ídolo pop adolescente, atribuiu o seu comportamento à sua consciência de pessoas da indústria que “se aproveitam” das inseguranças dos outros.

“Acabei de perder o controlo da minha visão para a minha carreira”, explicou ele. “Existem todas estas opiniões. E nesta indústria, tens pessoas que infelizmente se aproveitam das inseguranças das pessoas e usam isso para seu benefício. E então, quando isso acontece, obviamente ficas com raiva.
E então és esse jovem zangado que tinha grandes sonhos, e o mundo simplesmente enlouquece-te e transforma-te nessa pessoa que tu não queres ser. E acordas um dia e os teus relacionamentos estão f***** e tu estás infeliz e tens todo este sucesso no mundo, mas ficas tipo: Bem, de que vale isso se eu ainda me sinto vazio por dentro?”.

A religião desempenhou um papel importante para Bieber mudar as coisas.
“Ele é graça”, disse Bieber sobre Deus. “Cada vez que erramos, ele nos pega de volta todas as vezes. É assim que eu vejo. E então é como, ‘eu cometi um erro. Eu não vou viver nisso. Eu não fico com vergonha. Mas na verdade faz-me querer fazer e ser melhor. ’”

Mais em Famosos

To Top